Aqui você encontra tudo fácil

Pacotes de viagem

Destinos turísticos

Passeios e excursões

Figura com sol, mar e coqueiros

Viajar sozinho numa excursão

Grupo de pessoas na praia

Por Rafael Paiva

Motivos para viajar sozinho numa excursão

Viajar em excursão é uma das maneiras mais fáceis de conhecer pessoas com afinidades e fazer novos amigos.

O tempo de convivência, o bate-papo e a programação facilitam o entrosamento entre os seus participantes. Daí a importância de saber de antemão qual o perfil das pessoas que irão viajar no passeio: existem afinidades com o seu estilo de vida?

Alice saiu da sua cidade-natal (no interior) para morar em São Paulo com o objetivo de cursar uma renomada faculdade na área de Administração.

Com poucos amigos, sentia-se só na cidade grande e aproveitava a maior parte do seu tempo de lazer sozinha.

Apesar dos colegas da faculdade e da empresa onde conseguiu o estágio, Alice não sentia muitas afinidades com essas pessoas, permanecendo só nos finais de semana e frequentando cinemas, teatros e parques da cidade sem companhia.

Como aproveitar melhor o seu grupo

1. Viajando sozinho você irá conhecer mais pessoas: a própria pessoa se esforça para não ficar isolada e, isso, automaticamente a fará aproximar-se dos demais participantes.

2. Você não precisará dar atenção a quem já conhece: observamos que os participantes de excursões que viajam acompanhados acabam se isolando com a pessoa que vieram junto e não fazem novas amizades.

3. É muito mais fácil paquerar alguém sozinho ou isolado: pesquisas comprovam que é mais difícil se aproximar e abordar alguém acompanhado de amigos do que sozinho.

Alice descobriu que existem excursões com o objetivo de fazer novos amigos. Foi assim que conheceu as excursões ofertadas no Pacote Fácil e fez amizades com participantes também interessados em assuntos sobre timidez e carreira.

Ao sentir afinidades com as pessoas da sua excursão, assunto é que não faltou para conversar e sentir-se entrosada no grupo!

Veja também: