Aqui você encontra tudo fácil

Pacotes de viagem

Destinos turísticos

Passeios e excursões

Figura com sol, mar e coqueiros

Turismo cultural

Casal dançando tango

Por Ana Golfetto Masella

O que você ganha com o turismo cultural?

O turismo cultural é uma atividade turística apreciada por pessoas de vários estilos e idades, e vem sendo cada vez mais procurado como forma de lazer e entretenimento.

Representando o conjunto de valores de uma região, o turismo cultural enfatiza a cultura, os costumes, as crenças e tradições de seus habitantes. Sendo assim, permite uma profunda interação com o passado, resgatando legados culturais.

Uma viagem cultural tende a agregar cultura através de patrimônios, formas artísticas, interação com comunidades, história, curiosidades culturais, crenças e tradições de cada região visitada.

Cultura e gastronomia

"Consideram-se patrimônio histórico e cultural os bens que expressam ou revelam a memória e a identidade das populações e comunidades. São bens culturais de valor histórico, artístico, científico e simbólico, passíveis de se tornarem atrações turísticas: arquivos, edificações, conjuntos urbanísticos, sítios arqueológicos, ruínas, museus, manifestações como a gastronomia, música, artes visuais e cênicas, festas e celebrações" - Marcos Conceituais do Ministério do Turismo.

A cultura e a gastronomia caminham lado a lado. Antes de tudo um povo se define pela cultura, e a gastronomia nada mais é do que uma das manifestações culturais mais expressivas de um povo.

O ato de comer tem um sentido simbólico para o homem, uma vez que toda a cozinha preserva as marcas do passado, da história e da sociedade à que pertence. Cozinhar é uma ação cultural que relaciona o homem ao que ele foi, é, e será, com o que ele produz, projeta e sonha.

A gastronomia, além de aspecto cultural, é também um grande pólo de atração turística, sendo responsável por universalizar a troca humana e o convívio entre culturas, costumes e hábitos distintos.

Veja também: