Pacote Fácil head banner

Pacotefácil

SEU GUIA FÁCIL DE VIAGEM

Paraty - Rio de Janeiro

Pontos turísticos de Paraty, no Rio de Janeiro

Pontos turísticos de Paraty

Conhecida pelo rico patrimônio histórico e cultural, Paraty conserva um dos mais belos e harmoniosos conjuntos arquitetônicos coloniais do Brasil. Com ruas de pedras e casario preservado, o Centro Histórico de Paraty tornou-se um verdadeiro monumento vivo, além de oferecer magníficas praias e ilhas, emoldurados por exuberantes montanhas e vegetação nativa. A seguir o Pacote Fácil oferece passo-a-passo os principais atrativos turísticos de Paraty.

Praia do Jabaquara

Situada próxima ao centro de Paraty, a Praia do Jabaquara possui como grande atrativo as lamas medicinais do rio Jabaquara, cujo percurso atravessa a praia. Com águas mornas e fundo de areia e lama, a praia apresenta uma bela vegetação rasteira, imensas pedras e um importante sítio arqueológico localizado num dos seus extremos. A Praia do Jabaquara oferece uma excelente infra-estrutura com quiosques, pousadas e camping, além de ser um local de pesca de crustáceos. Sua faixa de areia possui uma extensão de cerca de 2 quilômetros.

Praia de São Gonçalo

Considerada uma das praias mais frequentadas de Paraty, a Praia de São Gonçalo apresenta inúmeros atrativos aos visitantes. Com águas transparentes e areia branca e fina, a praia abriga o rio São Gonçalo, que deságua em suas águas, belas paisagens e a linda Ilha dos Pelados, localizada bem à sua frente - além de estar cercada por duas outras ilhas, sendo o que mantém suas águas calmas e tranquilas. A Praia de São Gonçalo possui uma ótima infra-estrutura e possibilita passeios de banana-boat e aluguel de caiaques e barcos.

Praia de Paraty-Mirim

Antigo porto comercial de Paraty, a Praia de Paraty-Mirim apresenta ruínas de fazendas e casarões históricos, além de abrigar a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, considerada uma das mais antigas da cidade. Com águas mornas e transparentes, de tonalidade esverdeada, a praia está localizada na foz do rio Paraty-Mirim e conserva uma pequena vila de pescadores. No caminho para a Praia de Paraty-Mirim há uma reserva de índios guaranis, preservada pela FUNAI. Ao longo de sua pequena extensão é possível encontrar antigos canhões.

Centro Histórico

Classificado como Patrimônio Nacional, o Centro Histórico de Paraty é considerado o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso do país. Com calçamento de pedras retangulares, suas ruas possuem uma depressão no meio fio, permitindo a invasão das águas na maré alta, sendo uma forma natural de manter a cidade limpa. Suas esquinas apresentam três cunhais de pedra lavada, formando um triângulo que representa o símbolo da maçonaria, presente também na fachada de sobrados em forma de desenhos geométricos. Os acessos ao Centro Histórico são fechados por correntes, proibindo a circulação de veículos por suas ruas.

Igreja de Santa Rita

Eterno cartão-postal de Paraty, a Igreja de Santa Rita é conhecida como a mais antiga da cidade, após a demolição da Capela de São Roque. Com arquitetura em estilo barroco, a igreja foi considerada como tendo a mais bela arquitetura religiosa da cidade, segundo o famoso urbanista Lúcio Costa. Sua fachada voltada para o mar, apresenta magnífico acabamento em cantaria e portas em madeira entalhada. Atualmente, abriga o Museu de Arte Sacra de Paraty, contendo um acervo de cerca de 200 peças em prataria, ourivesaria, imagens e mobiliários, além de ser utilizada para exposições, concertos e peças de teatro.

Matriz de Nossa Senhora dos Remédios

Situada no Centro Histórico de Paraty, a Matriz de Nossa Senhora dos Remédios foi construída em homenagem à padroeira da cidade. Com uma construção imponente, a igreja apresenta arquitetura em estilo neoclássico, com robustas pilastras e cunhais em cantaria. Seu interior abriga diversas imagens do século XVII ao XIX, como a imagem de São Miguel das Almas, do Sagrado Coração de Jesus, entre outras, além do batistério e pia batismal em mármore. Todos os anos é realizada uma procissão até a Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, quando acontece a Festa da Padroeira.

Forte Defensor Perpétuo

Importante patrimônio histórico de Paraty, o Forte Defensor Perpétuo foi o único que restou dos sete fortes construídos para defender a cidade no século XVIII. Com uma arquitetura singular, apresenta a elegância e proporções do casario do Centro Histórico, além de alguns poucos canhões. Seu nome atual foi dado em homenagem a Dom Pedro I, Imperador e Defensor Perpétuo do Brasil. Hoje, abriga o Museu de Artes e Tradições Populares de Paraty, expondo peças do artesanato regional, utensílios de cozinha de uma residência rural e a Casa de Farinha.

Toca do Cassununga

Antigo cemitério indígena, a Toca do Cassununga abriga vários sítios arqueológicos da região. Situada num dos extremos da Praia do Jabaquara, a toca é formada por grutas e passagens interligadas, composta por uma impressionante formação de rochas curiosamente encaixadas. Seu interior possui boa iluminação e ventilação, além de rochedos cobertos por diferentes espécies de vegetação. Segundo a lenda local, a Toca do Cassununga é habitada pelo Corpo Seco, um bruxo que vaga na calada da noite assombrando pessoas que por ali passam.

Foto da autora do site

Ana Golfetto Masella


Criadora e produtora do site Pacote Fácil, onde elabora guias de viagem sobre os mais de 12 estados brasileiros e 60 destinos que já visitou. Trabalha com internet desde 2008. Exerce as funções de Programadora e Gestora de Conteúdo Web e para Mídias Sociais. Natural da cidade de São Paulo, também escreve sobre vinhos, uma de suas paixões, tendo ministrado cursos de degustação para grupos de enoturismo.

Dicas por e-maildicas por e-mail

comments powered by Disqus