Pacote Fácil head banner

Pacotefácil

SEU GUIA FÁCIL DE VIAGEM

Mendoza - Argentina

Pontos turísticos de Mendoza, na Argentina

Pontos turísticos de Mendoza

Considerado o maior centro vinícola da América do Sul, Mendonza é um importante pólo de produção de vinho e azeite da Argentina. Localizada aos pés da Cordilheira dos Andes, a província oferece inúmeras atrações que incluem desde passeios por praças e parques, locais históricos e tour pelas vinícolas, até uma extensa programação cultural. Em Mendoza você pode fazer agradáveis passeios de bicicleta pelos parreirais, enquanto aprecia a bela paisagem da região. A seguir o Pacote Fácil oferece passo-a-passo os principais atrativos turísticos de Mendoza.

Caminhos do Vinho

Uma das maiores atrações de Mendoza, os Caminhos do Vinho (ou Caminos del Vino) levam o turista a aprender a diferença entre os tipos de uva e a diferenciar os aromas dos vinhos. Responsável por 70% da produção vinícola argentina, a região oferece desde bodegas tradicionais e centenárias, até bodegas artesanais ou que possuem as melhores tecnologias do mundo em fabricação de vinho. Os Caminhos do Vinho abrigam mais de mil e duzentas bodegas divididas em quatro regiões: Valle de Uco (San Carlos, Tunuyán e Tupungato), Centro-oeste (Luján de Cujo, Maipú e Godoy Cruz), Norte (Las Heras), Sul (San Rafael), Leste (Santa Rosa, San Martín e Rivadavia).

Maipú

Considerada a primeira área vinícola da Argentina, a região do Maipú apresenta vinhos que levam a uva malbec e cabernet sauvignon com sabor marcante e voluptuoso. Abrigando as bodegas mais antigas, Maipú oferece vinícolas que se destacam por seus atrativos adicionais. A bodega La Rural é conhecida como a mais tradicional e possui um dos museus do vinho mais importantes da América do Sul, com cerca de cinco mil peças no acervo. Na Família Zuccardi é possível participar de uma exposição sobre os processos de fabricação da bebida, além de degustar excelentes vinhos.

Valle de Uco

Localizado aos pés da Cordilheira dos Andes, a região do Valle de Uco produz uvas de excelente qualidade capazes de originar vinhos entre os melhores do mundo. Numa altitude de temperaturas amenas, a região apresenta um clima excepcional que permite o maior desenvolvimento da videira, destacando uvas como a malbec, a semillón, a pinot noir e a merlot. Uma bodega bastante visitada na região é a Andeluna Cellars, onde é possível degustar e comprar vinhos, além de passear por galerias, jardins e observar o famoso Vulcão Tupungato ao fundo. Outra famosa bodega do Valle de Uco é a Salentein.

Parque Provincial Aconcágua

Símbolo da região de Mendoza, o Parque Provincial Aconcágua abriga o monte mais alto das Américas e do Hemisfério Ocidental: o Aconcágua. Localizado próximo à fronteira com o Chile, o parque tem como objetivo preservar a fauna, a flora e os sítios arqueológicos da região do Aconcágua. Dentre os atrativos naturais estão as lagoas, os blocos errantes e o mirante que oferece uma vista magnífica da parede sul do monte. O lugar oferece desde pequenos passeios até o trekking que pode durar de um à sete dias de caminhada.

Ponte do Inca

Um dos atrativos mais curiosos de Mendoza, a Ponte do Inca é uma ponte natural considerada uma geoforma única no mundo. Verdadeiro prodígio da natureza, a ponte é formada por componentes biominerais e está cercada de fontes de águas termais com propriedades curativas. A Ponte do Inca passa sobre um rio e abriga na parte debaixo uma antiga construção onde funcionavam saunas e banhos quentes. Conta a lenda que uma tribo Inca precisava atravessar a ponte para salvar um integrante, que, ao passar para o outro lado foi imediatamente curado, por isso, é também considerada um local mítico.

Museu da Área Fundacional

Localizado no centro histórico de Mendoza, o Museu da Área Fundacional guarda relíquias da história do setor colonial da cidade. Surgida em meados do século XVI, a cidade de Mendoza foi devastada em 1861 após um terrível terremoto, sendo dividida posteriormente em cidade nova (a oeste) e cidade velha (a leste). O museu está situado no antigo edifício da câmara municipal e abriga um acervo formado por objetos e partes de construções encontrados após o terremoto, incluindo restos da fonte colonial, do matadouro e do antigo convento, conhecido atualmente como Ruínas de San Francisco.

Parque San Martín

Uma das áreas verdes mais importantes da Argentina, o Parque San Martín é conhecido como o principal e o mais antigo parque de Mendoza. Planejado pelo arquiteto Carlos Thays, apresenta lago artificial, fontes, jardins bem cuidados, ruas arborizadas, belas esculturas, café, restaurante, além de um zoológico centenário com mais de mil espécies de animais. O espaço ainda abriga um estádio, uma universidade e tem como destaque o Cerro da Glória de onde é possível avistar a cidade e apreciar o magnífico Monumento ao Exército dos Andes.

Praça da Independência

Considerada o espaço verde mais cêntrico da cidade, a Praça da Independência é uma das maiores e mais importantes de Mendoza. Cenário de diversas atrações, a praça é o local onde se realizam feiras de artesanato, espetáculos e shows culturais, além de oferecer entretenimento para crianças, sendo possível desfrutar de um gostoso dia ao ar livre. A Praça da Independência abriga uma linda fonte central, o Teatro Julio Quintanilla e o Museu de Arte Moderna, situado em seu subsolo. Ao redor da praça estão localizadas quatro praças menores, todas à mesma distância da principal.

Foto da autora do site

Ana Golfetto Masella


Criadora e produtora do site Pacote Fácil, onde elabora guias de viagem sobre os mais de 12 estados brasileiros e 60 destinos que já visitou. Trabalha com internet desde 2008. Exerce as funções de Programadora e Gestora de Conteúdo Web e para Mídias Sociais. Natural da cidade de São Paulo, também escreve sobre vinhos, uma de suas paixões, tendo ministrado cursos de degustação para grupos de enoturismo.

Dicas por e-maildicas por e-mail

comments powered by Disqus