Pacote Fácil head banner

Pacotefácil

SEU GUIA FÁCIL DE VIAGEM

Ilhabela - São Paulo

Pontos turísticos de Ilhabela, em São Paulo

Pontos turísticos de Ilhabela

Cercada por lindas praias, Ilhabela abriga uma diversificada fauna e flora, sendo reconhecida como uma das Estâncias Balneárias do Estado de São Paulo. Considerada capital da vela no Brasil, a ilha é cenário para diferentes esportes náuticos, além do trekking e outras atividades de ecoturismo e aventura. Como o próprio nome já diz, Ilhabela domina a paisagem num deslumbrante equilíbrio entre a Mata Atlântica e o mar. A seguir o Pacote Fácil oferece passo-a-passo os principais atrativos turísticos de Ilhabela.

Praia da Feiticeira

Formada por um harmonioso conjunto natural, a Praia da Feiticeira possui águas claras, areia firme, coqueiros e uma refrescante cachoeira que deságua no mar. Cenário de uma das mais antigas lendas da ilha, a praia abriga a antiga Fazenda São Matias. Segundo contam, uma antiga proprietária da fazenda fez fortuna negociando com piratas de navios negreiros. Envelhecida e com medo de ser saqueada, enterrou seu tesouro na floresta com a ajuda de escravos, matando-os em seguida. Chamada de feiticeira por pescadores nativos, a velha teria enlouquecido e desaparecido, levando o segredo do tesouro consigo. A Praia da Feiticeira fica na direção Sul da ilha, a 5 quilômetros da balsa.

Praia do Jabaquara

Uma das praias mais lindas e preservadas de Ilhabela, a Praia do Jabaquara possui águas claras, areia branca e fofa, sendo considerada um verdadeiro recanto do sossego. Com uma paisagem harmoniosa, a praia é cortada por dois riachos de águas doces e cristalinas, um em cada extremidade da praia, onde um dos riachos forma uma lagoa perfeita para o banho. A praia também abriga um excelente restaurante, que serve drinks e deliciosos pratos à base de peixes e frutos do mar. A Praia do Jabaquara é a última do Norte da ilha onde o acesso ainda pode ser feito de carro, passando por um pequeno trecho de estrada de terra. Fica a 16 quilômetros do centro.

Praia do Viana

Com uma área pequena e charmosa, a Praia do Viana possui águas claras, calmas e uma bonita orla arborizada. Cercada por grandes pedras que parecem formar "tocas", a praia é ideal para o mergulho livre em meio a peixes coloridos, polvos e lagostas. A Praia do Viana abriga um farol que serve como sinalizador para embarcações da região, além de um enorme muro de pedras numa de suas extremidades, sendo conhecida como a única praia do litoral paulista a ser dividida por um muro de pedras. A praia também oferece um restaurante com quiosque na areia onde são servidas deliciosas refeições e petiscos. Localizada na direção Norte da ilha, percorre-se cerca de 2,5 quilômetros a partir do centro.

Praia do Sino

Com uma paisagem singular, a Praia do Sino possui águas calmas, poucas ondas e altas palmeiras. Conhecida como local de grande mistério, a praia abriga um tesouro incontestável da ilha: o conjunto da Pedra do Sino, cujas rochas emitem um curioso som metálico. Segundo uma famosa lenda, caravelas de piratas surgiram na praia enquanto a população dormia. Quando os piratas se preparavam para abrir fogo, subitamente, sinos começaram a soar, despertando a população. Os habitantes conseguiram se proteger à tempo, mas ninguém soube explicar de onde viera o intrigante som, a não ser os indígenas, que apontavam para o conjunto de rochas da praia, passando a chamá-lo de Pedra do Sino. A Praia do Sino fica na direção Norte da ilha, a cerca de 4 quilômetros do centro.

Praia do Bonete

Considerada uma das praias mais intocadas da ilha, a praia do Bonete possui aspecto rústico e uma natureza exuberante. Localizada em área de preservação do Parque Estadual de Ilhabela, a praia é formada por rio, cachoeira e árvores ladeando toda a sua orla. Por estar geograficamente isolada, a Praia do Bonete contribuiu para manter a autêntica cultura caiçara, abrigando uma acolhedora comunidade de caiçaras do litoral brasileiro, onde ainda se utilizam técnicas de esculpir canoas em troncos de árvores; são cerca de 100 famílias que sobrevivem basicamente da pesca e do artesanato. Indo na direção Sul da Ilha, seu acesso é feito por uma trilha de 15 quilômetros cujo percurso dura entre 4 a 5 horas de caminhada em meio a uma mata nativa.

Trilha da Água Branca

Localizada dentro do Parque Estadual de Ilhabela, a Trilha da Água Branca possui ótima sinalização e infra-estrutura para visitantes. Sob mata fechada, a trilha se abre repentinamente, revelando cachoeiras e piscinas naturais irresistíveis para o mergulho. Ao longo do trajeto é possível observar diversas espécies de pássaros e animais silvestres, além conhecer árvores e plantas da Mata Atlântica através de placas indicativas. A trilha oferece pontos de descanso com mesas e bancos para piqueniques e lixeiras instaladas por todo o caminho. A Trilha da Água Branca é considerada uma trilha de nível fácil e a principal vitrine do parque.

Cachoeira da Laje

Um dos mais belos atrativos da ilha, a Cachoeira da Laje é considerada um local de diversão, oferecendo piscinas naturais, tobogãs e duchas de águas cristalinas. Formada pelas águas do Ribeirão da Laje, a cachoeira apresenta uma sequência de poços que descem a montanha em direção ao mar. O acesso à cachoeira é feito através de uma trilha repleta de poços, quedas d'água e natureza exuberante. Para os mais aventureiros é possível descer a cachoeira até o final, quando as suas águas encontram-se com o mar. A trilha para a Cachoeira da Laje começa na Ponta da Sepituba e possui cerca de 4 quilômetros de extensão.

Pico do Baepi

Considerado um dos morros mais altos da ilha, o Pico do Baepi pode ser visto de qualquer ponto da cidade de Ilhabela. Com uma beleza selvagem e encantadora, o pico possui formato semelhante ao de um cone vulcânico. O nome baepi teve origem na língua tupi-guarani, que significa "morro calvo", em homenagem ao cume desprovido de vegetação. Do alto do pico é possível observar a linda vista dos vales, montanhas e praias da região. O acesso ao Pico do Baepi é feito por uma trilha com subidas longas, num trajeto em meio à exuberante fauna e flora da ilha. O percurso ao morro é feito numa caminhada que dura cerca de 4 horas.

Foto da autora do site

Ana Golfetto Masella


Criadora e produtora do site Pacote Fácil, onde elabora guias de viagem sobre os mais de 12 estados brasileiros e 60 destinos que já visitou. Trabalha com internet desde 2008. Exerce as funções de Programadora e Gestora de Conteúdo Web e para Mídias Sociais. Natural da cidade de São Paulo, também escreve sobre vinhos, uma de suas paixões, tendo ministrado cursos de degustação para grupos de enoturismo.

Dicas por e-maildicas por e-mail

comments powered by Disqus