Pacote Fácil head banner

Pacotefácil

SEU GUIA FÁCIL DE VIAGEM

Chapada dos Guimarães - Mato Grosso

Guia de viagem da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso
Um cenário de natureza e misticismo

A Chapada dos Guimarães há muito é considerada um ponto energeticamente beneficiado e de um misticismo intenso. Não apenas por sua abundante natureza, mas por ser cortada por um dos paralelos (ou linha imaginária) da Terra.

Esse lugar de beleza indescritível oferece cobiçadas paisagens, onde cânions, cavernas, formações rochosas, cachoeiras e vegetação típica do cerrado se reúnem em um conjunto extremamente harmonioso. Sem contar nos sítios arqueológicos que evidenciam importantes fatos históricos vivenciados na região.

Não por menos, esse é um dos roteiros preferidos pelos amantes da natureza e esotéricos, que ali encontram um refúgio perfeito para as suas buscas.

Quando ir
Cachoeira na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso

A melhor época para visitar a Chapada dos Guimarães é muito pessoal. O clima da região é tropical, com temperatura média anual variando em torno de 23º C.

O trekking é melhor aproveitado entre os meses de abril a setembro, devido ao período de seca. Já no verão as chuvas são frequentes, mas o calor é propício para refrescantes banhos de cachoeira.

O município abriga o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (de mesmo nome), uma área que conserva as reservas naturais da região e é considerada seu maior atrativo turístico.

O que fazer
Artesanato na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso

A Chapada dos Guimarães é rica em belezas naturais e culturais, com atrativos para todos os gostos.

É um lugar onde você encontra um pouco de tudo: cânions, cavernas, lagoas, cachoeiras, curiosas formações rochosas e sítios arqueológicos que preservam antigas pinturas rupestres. Um cenário que desperta os olhares de amantes da natureza e místicos.

A cidade também é referência no artesanato regional, onde lojas e feirinhas de produtos típicos fazem a alegria de muitos turistas.

Onde ficar
Hospedagem na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso

A hospedagem na Chapada dos Guimarães é simples, mas aconchegante.

Os hotéis centrais oferecem maior comodidade e um fácil acesso à mercados, lojas, restaurantes e bancos. Já os hotéis e pousadas mais afastados proporcionam a experiência de vivenciar com intensidade o clima da região, o que permite que você tenha uma profunda interação com a natureza. Alguns dos hotéis estão equipados com uma infraestrutura completa de lazer e entretenimento.

Há também alternativas mais acessíveis, como se hospedar no sistema bed & breakfast ou em descolados hostels.

Como chegar
Ponte de Pedra na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso

A melhor forma de chegar à Chapada dos Guimarães é viajar de avião até Cuiabá, a partir de qualquer capital do Brasil. Há vôos regulares ao Aeroporto Internacional Marechal Rondon (CGB) vindo de várias cidades do mundo.

Em Cuiabá você pega um táxi até a rodoviária, de onde partem ônibus da Viação Rubi e Expresso Chapadense à Chapada dos Guimarães (69 km). Uma outra alternativa é alugar um carro a partir do aeroporto.

Já se preferir viajar de ônibus, as empresas Andorinha, Eucatur, Nacional e São Luiz partem de diversas cidades do país com destino à região.

O que comer
Culinária típica da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso

A culinária da Chapada dos Guimarães possui influências das cozinhas indígena, africana e portuguesa.

Nos restaurantes, você encontra pratos típicos como o arroz com pequi, o arroz com carne seca, a farofa de banana madura e as várias receitas à base de peixes, principalmente o pacú e o pintado. Como sobremesa, vale a pena destacar o furrundu, um doce de mamão com rapadura, além dos diferentes doces elaborados com frutas típicas. Dentre as tradicionais bebidas estão o guaraná e os licores.

Uma ótima escolha é o restaurante Morro do Ventos, de onde você tem uma linda vista dos chapadões.

Roteiro ou excursão?
Vegetação de cerrado na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso

Se você é uma pessoa que gosta de curtir os passeios no seu ritmo, o melhor é optar por uma viagem independente, onde você é quem comanda o próprio roteiro. Neste caso, esse guia oferece as informações básicas para você viajar.

Já, se busca a comodidade e não tem tempo de planejar, opte por comprar um pacote de viagem para a Chapada dos Guimarães. Este guia fornece à você diversas ofertas de pacotes.

Pode ser que você procure outras companhias para viajar. A dica é se inscrever no grupo Amigo Viajante e ficar atento às excursões e passeios, ou até postar um convite para uma viagem.

Foto da autora do site


Criadora e produtora do site Pacote Fácil, onde elabora guias de viagem sobre os mais de 12 estados brasileiros e 60 destinos que já visitou. Trabalha com internet desde 2008. Exerce as funções de Programadora e Gestora de Conteúdo Web e para Mídias Sociais. Natural da cidade de São Paulo, também escreve sobre vinhos, uma de suas paixões, tendo ministrado cursos de degustação para grupos de enoturismo.

comments powered by Disqus