Pacote Fácil: seu guia fácil de viagem

Pacotefácil

Seu guia fácil de viagem

Chapada Diamantina - Bahia

Chapada Diamantina, Bahia
Pontos Turísticos da Chapada Diamantina

Visitar a Chapada Diamantina é sentir a intensa energia que emana desse santuário ecológico. É apreciar a beleza dos cânions, chapadões, vales, morros, grutas e cachoeiras.

Num lugar onde a natureza é infinita, você encontra roteiros para todos os tipos de pernas e espíritos. Há trilhas percorridas entre um e sete dias de caminhada, visitas às grutas e poços, passeios em rios. Opções é que não faltam.

Aqui estão alguns dos atrativos da cidade de Lençóis, Iraquara, Ibicoara e Itaité, além do pequeno vilarejo de Igatu.

Morro do Pai Inácio
Morro do Pai Inácio, Chapada Diamantina

O Morro do Pai Inácio é o principal cartão-postal da Chapada Diamantina.

A subida ao cume é feita por uma trilha de 400 metros. No caminho, você se depara com uma vegetação abundante. São orquídeas e bromélias das mais diferentes espécies. Há mirantes naturais para observar a linda paisagem e tirar muitas fotos.

Na chegada ao topo, descortina-se o visual incrível dos chapadões ao redor. Esse é o melhor lugar para apreciar o pôr-do-sol. É simplesmente fascinante!

O Morro do Pai Inácio está localizado na cidade de Lençóis.

Gruta da Pratinha e Azul
Gruta da Pratinha, Chapada Diamantina

A Gruta da Pratinha e a Gruta Azul são o verdadeiro oásis do sertão baiano.

A Pratinha possui águas azuis transparentes que afloram num lago ao ar livre. Em meio a peixes coloridos você pode mergulhar. Já, dentro da gruta, você faz flutuação guiada e explora a caverna.

Na mesma propriedade fica a Gruta Azul, um lago de águas extremamente transparentes e tons azulados. O destaque é observar o reflexo dos raios do sol sobre as águas da gruta. Seu acesso é feito por uma descida íngrime.

As grutas estão localizadas em Iraquara, dentro da Fazenda Pratinha.

Gruta da Lapa Doce
Gruta da Lapa Doce, Chapada Diamantina

A Lapa Doce é a terceira maior caverna do país.

Essa gruta possui formações de cavernas de rara beleza. Caminhando por amplos salões você observa espeleotemas como estalactites, estalagmites e cortinas. São tantos formatos que alguns ganharam nomes curiosos como asa de anjo, lustre, leão, sapo.

O passeio é guiado e dura cerca de 1h30. No meio do trajeto, o condutor apaga o lampião. O visitante pode sentir a escuridão e ouvir os pequenos ruídos em seu interior. É sensacional!

A Gruta da Lapa Doce está localizada em Iraquara.

Gruta do Lapão
Gruta do Lapão, Chapada Diamantina

A Gruta do Lapão é uma rara formação de quartzito.

A aventura é fazer a travessia de 1,2 km pelo interior da caverna. No caminho, você encontra túneis e antigas escavações exploradas por garimpeiros. No fundo da gruta corre o rio Lapão. É nesse ponto que todos apagam as lanternas. Numa escuridão total, ouvir as águas correndo provoca uma sensação indescritível.

Ao final do percurso, você se depara com uma abertura de 60 metros de altura onde é possível fazer um rapel.

A Gruta do Lapão está localizada na cidade de Lençóis.

Cachoeira do Buracão
Cachoeira do Buracão, Chapada Diamantina

A Cachoeira do Buracão é uma das mais bonitas da Chapada Diamantina.

Tem como diferencial imensos paredões emoldurados por pedras sobrepostas. O cenário é inusitado. A queda de 85 metros de altura se fecha num estreito cânion. O acesso é feito por trilha.

Ao final da trilha, você tem duas opções para vislumbrar a cachoeira. Uma delas é nadar com colete salva-vidas por um rio de águas escuras. A outra alternativa é caminhar pelas pedras dos paredões até chegar ao poço da queda d'água.

A Cachoeira do Buracão está localizada em Ibicoara.

Poço do Diabo
Poço do Diabo, Chapada Diamantina

O Poço do Diabo é um dos atrativos mais visitados.

Em vinte minutos de trilha você chega ao local. Do alto de sua queda, um trampolim de mais de 22 metros de altura permite vislumbrar a paisagem. O lugar é perfeito para contemplar a natureza.

O poço é formado pelas águas escuras do rio Mucugezinho. Além de bom para banhos e mergulhos, as pequenas corredeiras que deslizam por suas pedras servem como hidromassagem para o corpo. O local é também frequentado por adeptos do rapel e tirolesa.

O Poço do Diabo está localizado em Lençóis.

Poço Encantado
Poço Encantado, Chapada Diamantina

Palavras não são suficientes para descrever a beleza do Poço Encantado.

No fundo de uma gruta, águas cristalinas e azuladas formam uma lagoa com 65 metros de profundidade. Nem mesmo a altura é capaz de esconder as pedras e troncos caídos ao fundo, tamanha a sua transparência.

Entre abril e setembro, o sol atinge o poço através de uma fresta no teto. Os raios solares se projetam para iluminar e intensificar sua cor. O acesso à gruta é feito por uma longa escadaria. A visitação é limitada.

O Poço Encantado está localizado em Itaité.

Xique Xique de Igatu
Xique Xique de Igatu, Chapada Diamantina

Xique Xique de Igatu oferece um bucólico cenário medieval.

Esse pitoresco vilarejo possui ruas de pedras e antigas ruínas do período da exploração de diamante - no século XIX. Numa caminhada, você vai descobrir a história do povoado, conhecer personagens curiosos, observar casas de pedras e a linda paisagem da região.

Um dos atrativos é a Galeria Arte & Memória, um misto de museu e galeria de arte ao ar livre, café e loja. Na vila você encontra pequenas lojinhas para comprar souvenirs e peças de artesanato.

O acesso ao vilarejo é feito por uma estrada de terra.

Mini Roteiro
Mini roteiro da Chapada Diamantina

Para aproveitar bem a Chapada Diamantina fique pelo menos sete dias.

No primeiro e segundo dias, aproveite Lençóis. Comece com os passeios ao Morro do Pai Inácio e Poço do Diabo. No dia seguinte, faça a travessia da Gruta do Lapão. O terceiro e quarto dias, reserve para Iraquara. Visite a Gruta da Pratinha e Azul. No dia seguinte, a Lapa Doce.

Já no quinto dia, vá para Xique Xique de Igatu e curta um dia cultural. No sexto dia, faça o passeio ao Poço Encantado, em Itaité. O sétimo dia, deixe para fazer a trilha da Cachoeira do Buracão, em Ibicoara.

Outros Atrativos
Outros atrativos

Agora, pode ser que você queira esticar sua viagem. Existem outros atrativos interessantes na região.

A dica é visitar a cidade de Andaraí, onde você conhece o Poço Azul e faz o passeio de canoa por Marimbus. Na vizinha Mucugê você conhece o cemitério bizantino.

Mas veja bem: você pode querer ficar mais. A opção é participar de trilhas longas. A trilha Lençóis/Caeté-Açú é feita em três dias. Já o percurso Lençóis/Caeté-Açu/Andaraí é feito em sete dias, passando pela Cachoeira da Fumaça e Vale do Paty. Há também as trilhas mais curtas, de apenas um dia.

comments powered by Disqus